Prefeitura afirma que só retirou bandeiras do arco-íris do centro paulistano para trocá-las por novas

Por Gays & Afins

A Prefeitura de São Paulo afirmou ao blog que as bandeiras do arco-íris que ornamentavam o largo do Arouche, no centro da cidade, voltarão para o seu lugar ainda em outubro.

A notícia vem após um grupo de ativistas ter pendurado clandestinamente duas bandeiras do arco-íris no Arouche, como protesto pela retirada dos símbolos.

Bandeira colocada (e retirada) pela prefeitura (Foto Divulgação)
Bandeira colocada (e retirada) pela prefeitura (Foto Divulgação)

Diz a nota enviada ao Gays & Afins: “As bandeiras que estavam no largo do Arouche eram provisórias e, por isso, feitas a partir de um material frágil e já aparentavam desgaste. Após a definição de que elas se tornariam permanentes, as antigas foram retiradas para que 25 novas bandeiras – feitas com um material mais resistente- sejam instaladas ainda em outubro.”

Bandeira hasteada no Arouche por grupo LGBT (Chico Felitti, Folhapress)
Bandeira hasteada no Arouche por grupo LGBT (Chico Felitti, Folhapress)

Na tarde da segunda (10), uma das duas bandeiras hasteadas pelo coletivo Coletivo Arouchianos havia sido retirada. A outra, no centro da praça que dá nome ao largo, continuava lá.